14/04/2009

PARA REFLECTIR

Se os colegas deste blogue concordarem a música oficial do blogue será esta: http://www.youtube.com/watch?v=zz9C0xaLTxE&feature=player_embedded
Sem ofensa a ninguém.
Há uns anos atrás li um estudo publicado num jornal nacional onde as contas feitas mostravam uma triste realidade: sai mais barato manter os Reis de Espanha durante 29 anos do que se fazer eleições para presidente da Republica em Portugal.
Ou seja: de cinco em cinco anos gastamos milhões para eleger um rei mono que nada faz e ainda por cima representa mal o seu papel que seria entreter os portugueses, já na vizinha Espanha o mesmo dinheiro que gastam para manter um Rei verdadeiro a representar a nação durante 29 anos custa o mesmo que nós ricos portugueses gastamos de cinco em cinco anos.
Depois reparo o exemplo do Rei espanhol aquando da tentativa de golpe de estado em 23/02/1981, que com uma grande frontalidade ajudou e muito a solucionar o problema e a manter a unidade nacional, por cá no Portugal sanitário assistimos diariamente a pequenos e grandes golpes contra a democracia e o povo português enquanto o rei mono Cavaco Silva vai assistindo a tudo carrancudo e sem esboçar o mínimo sentimento patriótico, já outros presidentes como o que talvez maior rei mono presidente de Portugal que tivemos, o Mário Soares, que quando chegou do exílio logo após o 25 de Abril tratou em Santa Apolónia de limpar os pés à bandeira Portuguesa tendo sido elogiado e aplaudido por todos aqueles que o foram receber como herói. Vergonha. Soares tratou de inventar desde as presidências abertas até as viagens de promoção da imagem do País, tudo porque se chateava de ficar no palácio aturar a mulher, isto fez-me lembrar de um outro socialista que nas palavras de um familiar meu que é Engenheiro Civil e de Minas e que esteve um dia para fazer mais uma especialização precisamente a mesma do alegado curso que José Sócrates afirma possuir, jantando em minha casa ele explicou como pôde o nosso primeiro só com três cadeiras ter o curso quando na mesma altura esse meu familiar tinha que fazer doze apesar de já ser Engenheiro? E ainda gracejou ao afirmar que tinha que ir às aulas e não podia fazer as cadeiras por fax ou ao Domingo.
É altura de todos nós reflectirmos acerca destas questões que custam muito ao País, a solução é acabar com o cargo de presidente da Republica e impor uma Democracia Directa como existe na Suiça, só assim o Povo terá voz e mal exista a suspeita de alguma ilicitude por parte de quem nos governa poder-mos fazer um referendo a perguntar se o queremos manter ou mandar para a cadeia. Isto faz-me lembrar um caso que me tinham enviado para o blogue que alguém teve a amabilidade de apagar, trata-se do presidente da Câmara Municipal da Póvoa de Varzim, Macedo Vieira e do seu vice-presidente Aires Pereira, o primeiro recebeu ordens dum Organismo do Estado para devolver metade do seu ordenado como presidente da câmara porque o tinha recebido ilegalmente visto ser sócio gerente de uma empresa de construção civil???
Quanto ao seu vice-presidente foi julgado e condenado pelo tribunal por abuso de poder devido ao facto de ter arranjado uma panela e um tacho a um tal Dourado que abandonou funções na câmara municipal e assim foi reformado compulsivamente com uma reforma milionária. Tratam assim os dinheiros da autarquia, curiosamente os dois se mantêm no cargo como chefes máximos da Histórica terra da Póvoa de Varzim, envergonhando as suas gentes claro está e dando mostras de como se faz politica em Portugal tipo caciquismo de empreiteiro/presidente que assim conhecedor das alterações do PDM local ou com acesso a informação privilegiada pode fazer o que qualquer empreiteiro faz!
A Justiça não funciona, assim como as Leis e os Tribunais, os factos estão à vista, de uns tempos para cá começou a ser estranho que Macedo Vieira que é do PSD ande a elogiar o José Sócrates do PS, numa visita recente a Lisboa para lhe entregar um prémio atribuído pela LIPOR coincidente com a data de uma reunião geral da maçonaria para entrada de novos membros, veio levantar suspeitas de que lado estará verdadeiramente Macedo Vieira e José Sócrates, seria interessante saber se estiveram lá presentes os dois. De resto só resta acrescentar para quem quiser conhecer melhor Macedo Vieira dizer que ele era médico profissão que abandonou para se entregar à politica, deve ser por isso que temos falta de médicos, depois trata-se de um reformado que recebe uma boa reforma, de seguida sei também que recebe ordenado da LIPOR, do Metro do Porto, das Águas do Cavado, Varzim Lazer, etc.
Isto são as informações que me deram sem contar as senhas de presença que recebe de certeza de todos estes lados além de outros benefícios, sabe-se lá quais, e nem quero saber! Sei sim que quem me está a ler deve estar a pensar como é possível isto tudo, é sim senhor possível, na Póvoa de Varzim já se fala que o próximo presidente da terra possa vir a ser o Jean-Bédel Bokassa que ao que se sabe ressuscitou e inscreveu-se no PSD e no PS ao mesmo tempo, podem assim ficar descansados os poveiros que não vão estranhar nada na próxima legislatura.



2 comentários:

Darilea disse...

Hola, vengo de leer tu otro blog, pero tenías cerrados los comentarios, así que paso a dejarte aqui, un saludo.
Un besito :-)

Larose disse...

Se houver um partido que faça democracia directa como na Suiça, diz-me , porque será nele que votarei ..... senão irá ser tudo em branco este ano!

Eu sou uma poveira cansada de pagar tanto á autarquia, penso que a mais cara do país!